Própolis in Natura

CARACTERÍSTICAS DAS PRÓPOLIS – NATUCENTRO

A NATUCENTRO trabalha com própolis proveniente de apiários próprios e de alguns apicultores de cidades vizinhas a Bambuí, Minas Gerais, além de própolis produzidas nos estados de São Paulo, Rio de Janeiro e Espírito Santo – Brasil. Os apiários estão localizados em áreas propícias para produção de própolis por isso a própolis produzida e comercializada pela NATUCENTRO possui uma classificação própria e apresenta excelente qualidade.

EXTRA-GREEN
Própolis produzida em apiários de Bambuí e região. Fresca de coloração verde claro, aroma suave balsâmico e sabor picante. Tamanho acima de 1,5 cm³.


MINAS GREEN
Própolis produzida em apiários localizados em Minas Gerais. Fresca de coloração verde escuro, aroma suave balsâmico e sabor picante. Tamanho acima de 1,5 cm³.

 

GREEN
Própolis produzida em apiários localizados em Minas Gerais. Coloração verde, aroma suave balsâmico e sabor picante. Tamanho acima de 1,5 cm³.

 

BROWN
Própolis produzida em apiários localizados na Região Sudeste. Coloração escura, aroma balsâmico e sabor suave. Tamanho acima de 1,5 cm³.

 

DARK
Própolis produzida em apiários localizados na Região Sudeste. Coloração escura, consistência maleavél e pegajosa, aroma balsâmico e sabor suave. Tamanho acima de 1,5 cm³.

 

SMALL GRADE
Própolis produzida em apiários localizados na Região Sudeste. Coloração varia de verde escuro a marrom, aroma suave balsâmico e sabor picante. Tamanho varia de 0,1 a 0,3 cm³.

 

POWDER TYPE
Própolis produzida em apiários localizados na Região Sudeste. Coloração varia de verde escuro a marrom, aroma suave balsâmico e sabor picante. Tamanho abaixo de 0,1 cm³.

 

PRÓPOLIS VERMELHA
A Natucentro trabalha com própolis vermelha produzida em apiários localizados na região do Nordeste  Brasileiro ,em especial nos estados de Alagoas e Bahia. Estes apiários estão localizados próximos aos  manguezais, onde há muita abundância da planta leguminosa com nome científico Dalbergia  Ecastophyllum.

Segundo Andreas Daugsch 2007, recentemente, foi encontrado uma espécie de própolis vermelha em  colméias localizadas ao longo do mar e costas de rios no nordeste brasileiro que foi classificada então como própolis do grupo 13. Foi observado que as abelhas coletavam o exudato vermelho da superfície de Dalbergia ecastophyllum (L) Taub. Leguminosae). Através de análises químicas e histológicas foi comprovado a existência de um novo grupo de própolis de origem botânica Dalbergia ecastophyllum, popularmente conhecida como rabo-de-bugio, encontrada ao longo da praia e região do mangue do nordeste do Brasil.